MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Conheça os dois hobbys que andam juntos: Busologia e Spotting Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

sábado, 2 de junho de 2012

Fortaleza Estudantes denunciam constrangimento com bloqueio das carteirinhas

Com o fim da validade da carteira estudantil de 2011, alunos de Fortaleza reclamam que o novo documento continua bloqueado. A previsão era de que a carteira deste ano deveria ser desbloqueada automaticamente a partir dessa sexta-feira (1º), em qualquer validador de ônibus ou van.

Nathan Oliveira é estudante do curso de Sistemas e Mídias Digitais da Universidade Federal do Ceará (UFC) e afirma ter passado pelo constrangimento de pagar passagem inteira por conta do bloqueio de seu cartão. Ele considera o fato de ter usado as duas carteirinhas – a antiga e a atual – sem êxito, uma grande chateação. “Eu fiquei com medo, porque eu sempre ando só com dois reais no bolso. A sorte é que hoje eu tinha levado mais dinheiro pra faculdade”, revelou.

Com a estudante de Publicidade da UFC, Ágda Sarah, o caso foi semelhante. “Eu passei carteirinha velha e a nova e não funcionou. O trocador disse que não podia fazer nada e que eu tinha que pagar inteira”, contou. A aluna ainda falou que o trocador informou que outras pessoas também tinham passado pela mesma situação, principalmente universitários. “Ainda bem que levei dinheiro, porque se eu não tivesse, eu iria a pé!”, indignou-se.

Afonso Negromonte, também estudante de Sistemas e Mídias Digitais, conta que também não conseguiu utilizar o documento e que iria tentar resolver o problema na Etufor. “O ruim é que as pessoas se programam e acaba não dando certo”, lamentou.

Etufor

O chefe da divisão de atendimento ao estudante da Etufor, Alexandrino Oliveira, disse que o problema do bloqueio era no próprio cartão ou no validador do veículo. Segundo ele, foram poucos alunos atingidos pelo problema.

“O fluxo de atendimento em relação a esse problema não é grande. O fluxo é maior na questão da procura das novas carteirinhas pelos alunos que ainda não receberam, apesar de terem sido entregues cerca de 400 mil carteirinhas”, explicou.

Ele orienta aos estudantes que possuem a carteirinha bloqueada para que procurem a Etufor. No site, há um atendimento específico para os alunos, que, de acordo com Alexandrino, já funciona há mais de quatro anos.


Fonte: Jangadeiro OnLine
Foto: Divulgação Etufor

Nenhum comentário:

Tradutor