Ceará Diesel apresenta novidades em evento noturno MS Turismo realiza visita e passeio com o MOB Ceará MOB Ceará conhece Via Metro e Guanabara de Juazeiro do Norte Busólogos procuram relíquias em Redenção-CE Visita na Viação Pernambucana MOB Ceará participa de evento em Londrina-PR Busca de antiguidades em Juazeiro do Norte

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Empresas esperam que motoristas reduzam exigência salarial

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Público de Fortaleza (Sindiônibus), Dimas Barreiras, afirmou nesta quarta-feira (20) que não irá voltar a negociar com motoristas e cobradores em greve caso os trabalhadores mantenham a reivindicação de aumento salarial de 15%.

Na segunda-feira (18), o Sindiônibus havia aumentado a proposta de 4,88% para 8,5%, que foi rejeitada pelos trabalhadores, que decidiram entrar em greve a partir desta quarta-feira. Além do reajuste, o Sindiônibus ofereceu aumento da cesta básica de R$ 60 para R$ 70 e vale refeição diário de R$ 7 para R$ 8. Na noite de terça-feira (19), o presidente do Sintro, Domingos Neto, havia dito que "até 10% a categoria estava disposta a aceitar para evitar a greve".

Dimas Barreiras diz que cerca de 600 dos 2.100 da frota de ônibus públicos de Fortaleza estão em circulação nesta quarta-feira, primeiro dia da greve. O presidente do Sindiônibus diz que parte dos ônibus foram depredados durante manifestações sindicais e que por isso alguns dos veículos estão parados. Ele afirmou que estes ônibus estão passando por reparo e devem retornar ainda nesta semana para reforçar a frota em circulação. O sindicato dos trabalhadores diz orientar categoria para evitar qualquer tipo de vandalismo ou destruição ao patrimônio.

Decisão judicial 
A presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT-CE), Maria Roseli Mendes Alencar, determinou que os Sindicatos dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Ceará (Sintro) mantenha 70% da frota de ônibus em circulação nos horários de pico e 50% nos demais horários. A decisão, tomada na manhã desta quarta-feira (20), tem como objetivo assegurar o acesso da população de Fortaleza e Região Metropolitana ao transporte coletivo.
Prisões
Dois cobradores foram presos nas proximidades do terminal de ônibus do Bairro Antônio Bezerra, na manhã desta quarta-feira (20), secando pneus de vários veículos segundo informações da Polícia Civil. De acordo com o inspetor do 10º Distrito Policial, Silvino Carlos, eles tentavam impedir o trabalho dos motoristas que não aderiram à greve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre nossas matérias, ou mande sugestões através do contato [email protected]
Ressaltamos que não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos mesmos.

Tradutor