MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Conheça os dois hobbys que andam juntos: Busologia e Spotting Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Cerca de 1 milhão de passageiros devem ser prejudicados por greve de ônibus

Cerca de um milhão de passageiros devem ser prejudicados pela greve dos motoristas e cobradores de ônibus coletivos em Fortaleza, de acordo com dados disponibilizados pelo Sistema Integrado de Transportes da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor).
A categoria decidiu parar, por unanimidade, durante assembleia geral realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Ceará (Sintro). A greve começará a partir da próxima terça-feira (19).

Protestos
Após a decisão, motoristas e cobradores saíram em passeata da sede do Sintro até o Shopping Benfica. Durante o percurso, motoristas que estavam em serviço deixaram os veículos para seguir o protesto.

No início desta semana, ônibus foram impedidos de sair dos terminais do Papicu e do Antônio Bezerra, outros veículos foram apedrejados e tiveram  pneus esvaziados. De acordo com a assessoria de comunicação da Etufor, quando os ônibus foram impedidos de sair dos terminais, os passageiros puderam usar o serviço de transporte público na parte externa do local.
 
Mais dados
Atualmente a frota de Fortaleza é de 1.792 ônibus, 320 vans, 4.392 táxis, 2.209 motos. Mais de 1 milhão de pessoas utilizam o Sistema de Transporte Público por dia. São sete terminais e 249 linhas de ônibus.

Negociações
As negociações entre Sindiônibus e Sintro ocorrem desde o mês de abril. Inicialmente, o Sintro pedia aumento de 25%, enquanto o Sindiônibus oferecia 4,88% . O motoristas também querem reajuste na cesta básica e no vale refeição; redução da carga horária de trabalho de 44 para 42 horas semanais; e o fim da segunda jornada de trabalho.

O Sintro reivindica aumento de R$ 1.463,95 para motoristas e de R$ 844,10 para cobradores. Os salários atuais são, respectivamente, de R$ 1.273 e R$ 734. A cesta básica é de R$ 70 e o vale refeição é de R$ 7.

Nota do Sindiônibus
Após o anúncio da greve, o presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira, divulgou nota sobre o movimento.

Confira a íntegra:
‘O Sindiônibus vem a público reafirmar o compromisso de empreender todos os esforços para o fechamento de um acordo com o Sindicato dos Rodoviários (Sintro) no sentido de se evitar uma paralisação do transporte coletivo, fato que traria prejuízos aos trabalhadores e à população de Fortaleza.

Portanto, mesmo com a decretação da greve, o Sindiônibus está confiante que a categoria laboral possa apresentar um pleito que se traduza em ganho para o trabalhador mas que possa ser cumprido pelas empresas e pelo Sistema de Transporte Coletivo de Fortaleza.

Dentro desse contexto, o Sindiônibus continua aberto ao diálogo visando a conclusão da Convenção Coletiva 2012/2013, evitando-se assim o encaminhamento de um dissídio ao Tribunal Regional do Trabalho.’

Fonte: Jangadeiro OnLine

Nenhum comentário:

Tradutor