MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Conheça os dois hobbys que andam juntos: Busologia e Spotting Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Sindiônibus considera paralisação 'uma perturbação à ordem' e rebate acusações do Sintro

Os moradores de Fortaleza e Região Metropolitana foram surpreendidos na manhã desta quinta-feira (19), por volta das 6h, com uma paralisação das linhas metropolitanas que circulam na região.

De acordo com o presidente do  Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus), Dimas Barreira, a manifestação aconteceu sem aviso prévio e perturbou a ordem na cidade. "O que eles tão fazendo não é manifestação, é uma perturbação à ordem. Eles prejudicam não só os trabalhadores, como toda a população. Fizeram até assédio moral com outros motoristas". Dimas informou que apesar da manifestação, nesta sexta-feira (20) acontecerá uma reunião entre o Sindônibus e Sintro para organizar as negociações. "O Sintro sabe muito bem que com paralisação não há negociação. Apesar disso vamos a reunião amanhã". 

O presidente do Sindiônibus considerou que caso haja novas manifestações a polícia interceda na situação. "A gente considera que a polícia possa agir se eles fizerem esse novo tipo de coisa". Dimas rebateu as acusações dos participantes do Sintro informando que todas as demissões aconteceram dentro da lei. "Demissão é uma coisa que acontece diariamente em todas as empresas. Fazemos tudo de acordo com a lei". 

Cerca de 70 mil pessoas utilizam os serviços da Via Metro todos os dias.

40 ônibus parados
De acordo com o coordenador de tráfego da empresa Via Metro, Enos Bernardo, cerca de 40 ônibus foram parados e tiveram os pneus secos por representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Ceará (Sintro).


Ainda segundo o coordenador, a empresa não teria sido avisada da manifestação. Os focos da paralisação foram as avenidas Duque de Caxias, do Imperador e João Pessoa e as ruas Tereza Cristina e Princesa Isabel.

Fonte: Diário do Nordeste
Fotos: MOB Ceará

Nenhum comentário:

Tradutor