MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Conheça os dois hobbys que andam juntos: Busologia e Spotting Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Ato bloqueia rodovia pela meia passagem

Cerca de 400 alunos da rede pública, dos ensinos fundamental e médio, bloquearam, na quarta-feira (25/04), o quilômetro oito da CE-065, em Maracanaú. O ato foi em protesto por não contarem ainda com o benefício da meia passagem intermunicipal e de forma irrestrita.

O protesto aconteceu em frente à Escola de Ensino Médio Flávio Pontes, à altura da Ceasa. Por volta das 10 horas, os manifestantes impediram o tráfego de veículos no sentido Interior a Capital, provocando um congestionamento de até um quilômetro ao longo da rodovia.

Estudantes protestam na CE-065, numa manifestação que deverá se repetir ao longo do próximo mês
O presidente da Associação dos Estudantes do Estado do Ceará (Asesc), Cláudio Rocha, disse que esse é o primeiro momento de uma série de atos que deverão ocorrer ao longo do mês de maio, no sentido de que a pauta de reivindicações seja atendida.

Além do bloqueio da CE-065, os estudantes estão planejando uma nova manifestação no próximo dia 5, na CE-085, e no dia 14 de maio uma grande concentração em frente à Assembleia Legislativa do Estado, na Avenida Pontes Vieira, em Fortaleza.

"O nosso objetivo é sensibilizar o poder público, principalmente o Legislativo estadual, para o atendimento desse pleito, que é extensivo a um grande número de alunos do Interior do Estado e que não dispõem de recursos para o pagamento da passagem nos ônibus intermunicipais", disse Cláudio.

Com a meia passagem, conforme disse o presidente da entidade, será possível o acesso de estudantes da zona rural a centros educacionais, que se concentram em médias e grandes cidades do Estado.

Para Cláudio, é indiscutível que houve grandes avanços na oferta e na qualidades dos ensinos fundamental e médio, o que tem suscitado que o aumento da demanda para o ensino superior. No entanto, conforme salientou, essas unidades acadêmicas estão instaladas em Municípios polos, o que dificulta o deslocamento para quem mora nas áreas adjacentes.

O presidente da Associação Metropolitana dos Estudantes, Rivelino de Oliveira, lembrou que somente os estudantes da macrorregião de Fortaleza, ou Região Metropolitana, são beneficiados com a meia passagem.

Restrições
Mesmo assim, segundo Rivelino, ainda há restrições, como o fato de que a meia passagem não vale para os dias de feriados e domingo. "Isso é um absurdo. Quer dizer que somente somos estudantes de segunda-feira a sábado e não nos demais dias?", questionou a liderança estudantil de Caucaia.

O ato contou com alunos da rede municipal de Maracanaú e cidades vizinhas, como Maranguape e Pacatuba. Um trio elétrico foi mobilizado para o movimento, bem como houve participantes portando faixas e cartazes e proferindo palavras de ordem. O bloqueio durou cerca de 20 minutos e foi monitorado pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE). "Não queremos que nossas ações sejam motivo de transtornos para a coletividade. Daí o tempo curto de duração do bloqueio", informou Cláudio.

Fonte: Marcus Peixoto/Diário do Nordeste
Foto: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Tradutor