MOB conhece novos automáticos da Viação Princesa Conheça os dois hobbys que andam juntos: Busologia e Spotting Prefeito afirma vir articulados para corredor da Aguanambi Uma história exclusiva do Ciferal Jardineira Diversas fotos de ônibus antigos no MOB Relíquias. Clique nessa foto São Benedito oferece visita ao MOB Ceará

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Prefeita entrega à população Unidade de Atendimento ao Público da Etufor

Prezando pela qualidade no tratamento cedido aos estudantes e às pessoas com deficiência, a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, inaugurou oficialmente, na manhã do último dia 28/09, a Unidade de Atendimento ao Público da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). 

Inauguração ocorreu nesta manhã, com a presença do presidente da Etufor, Ademar Gondim.
 Em pleno funcionamento desde 2007, o setor passou recentemente por reforma no intuito de agilizar os procedimentos de solicitações das carteiras estudantis e dos cartões da gratuidade, importantes direitos consolidados e conquistados na atual gestão que permitem o ir e vir de estudantes com a meia ilimitada e o deslocamento gratuito de pessoas com deficiência no transporte público da cidade.

Durante a solenidade, que contou ainda com a presença do presidente da Etufor, Ademar Gondim, da titular da Coordenadoria de Pessoas com Deficiência (Copedef), Nadja Pinho, da coordenadora de Acessibilidade da Secretaria de Direitos Humanos, representando o secretário Demitri Cruz, Ana Beatriz Thé Praxedes, além de representantes dos sindicatos de transportes, foram destacadas as principais políticas públicas de mobilidade urbana, pensada de forma inclusiva, a partir do olhar das diferenças.

Como destacou a prefeita, o transporte público de Fortaleza é referência nacional. Dentre as conquistas, Luizianne citou a estabilidade no preço da passagem de ônibus, que ainda é a mais barata do país dentre cidades com sistema integrado e de mesmo porte, a Tarifa e a Hora Social, a gratuidade para pessoas com deficiência e as carteiras estudantis, direito de todo estudante. "Lutamos muito para não deixar esse direito ser imprensado. Fortaleza é uma das poucas cidades do país que tem meia ilimitada. Entramos nessa luta para que continuasse a compreensão de que a meia não é só direito do estudante que está na escola simplesmente, é uma política pública para a juventude", defendeu, enfatizando que a meia passagem é uma facilidade para os jovens exercitarem uma das mais importantes fases da vida e terem acesso à cidade.

Ao visitar a Unidade recém-reformada e com a capacidade ampliada, Luizianne afirmou que um dos eixos deste governo é a inclusão social de pessoas com deficiência. Hoje, mais de 12 mil cidadãos nestas condições se deslocam gratuitamente nos ônibus e vans da cidade.  A acessibilidade veicular também está em permanente ampliação. Neste sentido, "poder oferecer espaço para que as pessoas com deficiência tenham um tratamento adequado tem sido uma política do nosso governo em todas as áreas, e ela precisa, de fato, ter todo um cuidado especial", lembra. 

Além da preocupação em cuidar das pessoas e garantir que elas possam usufruir do direito de ir e vir, a prefeita reforçou que todas essas conquistas não interferem no preço da passagem. Houve todo um trabalho e esforço da gestão para evitar que os benefícios, como a gratuidade para pessoas com deficiência e a meia ilimitada, não gerassem custos para o usuário.  Afinal, todos devem ter acesso ao transporte público, cada vez mais inclusivo.

Nenhum comentário:

Tradutor